quarta-feira, 8 de outubro de 2008

Leva o casaco!

Hoje, deixo o guarda-chuva em casa
Não há motivos para não querer me molhar
E o casaquinho, não sai mais do armário

A vida segue e não parece querer te impor nada
O que me faz esquecer do amanhã, com clichês.
Afinal, os dentes do juízo, arranquei de uma vez

O que me faz querer voltar
É o mesmo que faz querer ter
De volta, tudo do que um dia reclamei

Amanhã, levarei o guarda-chuva com um sorriso
Ela só queria que eu não me molhasse
E o armario todo passará a andar com o casaquinho